Agora na Apremavi: agradável, 19°
Busca
Tamanho do texto A A A

Erva-mate. Uma árvore de tradição

Autor: Miriam Prochnow e Tatiana Arruda Correia. Publicado em 02/02/2010.

Mudas de erva-mate. Foto: Edinho P. Schaffer

A erva-mate, conhecida cientificamente por ilex paraguariensis, é originária da Mata Atlântica e pode ser encontrada nas florestas dos três estados do sul do Brasil, no norte da Argentina, Paraguai e Uruguai. Sua árvore pode atingir mais de oito metros de altura. O caule é curto e cinza e as folhas são ovais e coriáceas. O fruto é pequeno e pode ser verde ou vermelho-arroxeado.

A extração e cultivo da erva-mate é uma tradição antiga. Os primeiros a utilizarem a planta, fazendo uma infusão com as folhas, foram os índios Guaranis e Quínchua, que habitavam a região das bacias dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai, na época da chegada dos colonizadores espanhóis.

A origem da palavra mate deriva do quíchua matty, nome dado para a cuia, o recipiente onde o chá mate era bebido por estes povos. Com o passar do tempo, o hábito de tomar chimarrão (feito com água quente) ou tererê (feito com água fria/gelada ou limonada) popularizou-se principalmente nas regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil, sendo também consumido na Argentina, Uruguai, Paraguai e em algumas localidades do Chile e do Peru.

A erva-mate é conhecida por suas propriedades estimulantes e digestivas, sendo que o mate pode ser considerado o chá oficial do Brasil, uma vez que além do uso tradicional sob forma de chimarrão ou tererê, o mate também é consumido como chá quente ou chá mate gelado no verão, comum nas praias do litoral brasileiro.

Além das tradicionais destinações da erva-mate (chimarrão, chá, refrigerante), a sua utilização na indústria química (tintas e resinas, medicamentos, desinfetantes e outros produtos), começa a crescer, embora ainda de forma reduzida.

Por ser uma planta capaz de combater doenças, como anemia, diabetes e depressão, e possuir um grande valor nutricional, a erva mate era considerada desde a época dos indígenas como um néctar dos deuses.

O mate contém quase todos os nutrientes que o organismo humano precisa e é capaz de estimular a atividade física e mental. Estudos mostram que estão presentes na erva vitaminas como as do complexo B, C, D e E, e sais minerais, como cálcio, manganês e potássio.

A erva mate combate células cancerígenas e retarda o envelhecimento. A principal característica é que ela tem o poder de eliminar a oxidação das células de colesterol ruim. O mate evita o acúmulo de placas de ateroma que causam o entupimento das artérias.

O chá mate, além de auxiliar na digestão e na hidratação, é um estimulante oferecendo mais ânimo e disposição. Entretanto, o consumo deste produto deve ser dosado caso o usuário sofra de insônia ou irritabilidade. As pessoas agitadas, nervosas ou que têm insônia devem evitar o consumo do chá mate a noite.

A erva mate é colhida em ciclos de dois em dois anos. A poda da planta jovem estimula a brotação e facilita a colheita das folhas, a condução dos brotos em forma de taça, facilita as colheitas e a planta é mantida com cerca de três metros de altura.

O cultivo da erva-mate abrange cerca de 180 mil propriedades dos estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, este último responsável por pelo menos 75% da produção nacional. Emprega, direta e indiretamente, mais de 700 mil pessoas. As propriedades em que ela é cultivada são, na maioria, pequenas e médias o que lhe assegura uma importância social expressiva. Em Santa Catarina, o município de Canoinhas é considerado a capital da erva mate.

Também tem aumentado o cultivo da erva-mate orgânica, o que traz um diferencial na produção e na qualidade do produto. A erva-mate também é uma espécie-chave na composição de Sistemas Agroflorestais no Sul do Brasil, juntamente com a araucária.

Segundo dados pesquisados no município de Turvo (PR), uma família, por exemplo, com uma propriedade de 13,8 hectares, alcança produção anual de 300 a 400 arrobas de erva-mate. Nas propriedades que possuem este produto certificado como orgânico o preço quase dobra. Em 2008 a arroba de erva-mate (saca com 15 quilos do produto verde ou beneficiado) cultivada nos modelos tradicionais alcançou entre R$ 4,50 e R$ 5,50. Já com a certificação de erva orgânica, o preço da arroba chegou a R$ 8,20. Devido à qualidade do produto, sua comercialização atingiu o mercado exterior, através do contrato com uma empresa americana, a Guayakí, que no ano de 2008 adquiriu 90 toneladas da erva-mate orgânica.

A certificação da erva-mate passa por ações de fiscalização e padronização de qualidade, visando obter um produto que esteja sendo produzido num ambiente equilibrado e numa propriedade que atenda à legislação ambiental. Pesquisadores analisaram que a melhor erva-mate é a sombreada, ou seja, aquela cujas folhas são extraídas do interior da floresta. A erva-mate sombreada apresenta melhor composição natural, não tendo suas propriedades químicas alteradas pela exposição ao sol, por exemplo.

A certificação da erva-mate, produzida no Sul do Brasil, representa um importante passo na introdução da certificação florestal no país. Foi o primeiro produto não-madeireiro a receber o selo FSC por meio da adoção de critérios específicos para produtos não-madeireiros em remanescentes da Mata Atlântica. Atestada pela certificadora Smartwood, que trabalha através do Imaflora, a certificação é a garantia da prática de um manejo florestal ambientalmente adequado, socialmente justo e economicamente viável.

A ervateira Putinguense, sediada no município de Putinga, estado do Rio Grande do Sul, foi a primeira a cumprir o rigoroso processo da certificação socioambiental. O selo, concedido em março de 2003, gerou um impacto imediato na valorização da erva-mate.

A erva-mate é uma das espécies produzidas no viveiro Jardim das Florestas da Apremavi. O fruto é colhido maduro para retirar as sementes. As sementes são enterradas na areia fina por aproximadamente seis meses, num processo chamado de escarificação (camadas alternadas de sementes e areia). Depois desse período as sementes são colocadas para germinar numa sementeira, sendo que a germinação ocorre após mais dois meses. Depois elas são passadas para “saquinhos”, onde ficam de quatro a seis meses na estufa para atingirem um padrão de 15 a 20 cm, quando podem ir para o campo.

As técnicas de plantio, apesar de não serem complexas, requerem atenção. Para que o cultivo desta planta seja realizado com sucesso é preciso saber que os melhores dias para o plantio são os dias sem sol. A plântula é muito sensível ao sol, por isso exige sombreamento até que a planta atinja alguma maturidade. As plantas nativas se reproduzem por meio de pássaros que ingerem o pequeno fruto e defecam sua semente já escarificada.

Erva-mate

Nome científico: Ilex paraguarienses A. ST.-Hil.
Família: Aquifoliaceae
Utilização: usada para lenha e fabricação dos caixotes. Suas folhas são utilizadas para fazer “mate”, ou chimarrão, um dos mais conhecidos chás do país. Seus frutos são consumidos por várias espécies de aves.
Coleta de sementes: diretamente da árvore quando começar a queda espontânea dos frutos.
Época de coleta de sementes: janeiro a março.
Fruto: vermelho escuro, roxo, com pouca polpa.
Flor: branca.
Crescimento da muda: médio a lento.
Germinação: lenta – necessitando de estratificação.
Plantio: mata ciliar, área aberta, sub-bosque.

Fotos: Edinho P. Schaffer e Wigold B. Schaffer


Fontes de Pesquisa:

Análise de Compostos Fenólicos, Metilxantinas, Tanino e Atividade Antioxidante de Resíduo do Processamento da Erva-Mate: Uma Nova Fonte Potencial de Antioxidantes. Disponível em:
http://www.google.com/search?hl=pt-BR&rls=com.microsoft:pt-br:IE-SearchBox&q=erva+mate+e+saude+pdf&start=10&sa=N Data de acesso: 25 jan. 2010.

ERVA MATE. Blog Multivegetal. Disponível em: http://blog.multivegetal.com/?p=2282 Data de acesso: 24.jan. 2010.

ERVA MATE . Revista rural. n° 103 - setembro 2006. Disponível em: http://www.revistarural.com.br/Edicoes/2006/Artigos/rev103_erva_mate.htm. Data de acesso: 24 jan. 2010.

HEINRICHS, R.; MALAVOLTA, E. Mineral composition of a commercial product from mate-herb (Ilex paraguariensis St. Hil.). Ciência Rural, Santa Maria, v. 31, n. 5, p. 781-785, 2001.

LORENZI, HARRI. Árvores Brasileiras: Manual de Identificação e Cultivo de Plantas Arboóreas Nativas do Brasil. vol.1, 3ª ed. – Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2000.

PROCHNOW, M (org). No Jardim das Florestas. Rio do Sul: APREMAVI, 2007. 188p.

PICONE, Claudia (coordenação). O Uso Sustentável dos Recursos Naturais na Floresta com Araucárias. The Nature Conservancy (TNC). [2009].

Comentários

Armin Deitenbach em 03/02/2010 às 15h29
Grande planta, a erva-mate, a utilização dela emprega mais famílias do que toda a indústria automobilistica junta, conforme comprovou o estudo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Para mim é uma das plantas com grande potencial para ser incluída na Política Nacional de Cadeias de Valor dos Produtos da Sociobiodiversidade. Onde consigo o livro da Claudia Picone, da TNC, sobre o uso sustentável dos recursos naturais na Floresta com Araucárias?

Abraços


Armin

geni em 04/02/2010 às 10h23
Excelente explanação sobre tão importante árvore nativa:a erva-mate!
Parabéns pelo trabalho e pelas imagens...ótimas!
geni

Edson Luis Fronza - Toisso em 04/02/2010 às 11h30
Gostei muito desta matéria sobre a Erva Mate, até por ser um apreciador do Chimarrão. Mas, sobretudo, pela importância da planta no contexto da história/tradição, no contexto social e econômico, pois representa uma importante fonte de recursos para muitas famílias agricultores. Faço por último, a obsaervação de que já encontrei Erva Mate Orgânica disponíel em supermercados de Rio do Sul.
Parabéns pela matéria e por todo o trabalho que a APREMAVI realiza, podemos dizer, em benefício do PLANETA.

Edson Luis Fronza - Toisso
Toisso por você!!!

Edson Luis Fronza - Toisso em 04/02/2010 às 11h47
Desculpem-me pelos erros de grafia:
1 - onde está escrito famílias agricultores, leia-se famílas agricultoras
2 - onde está escrito obsaervação, leia-se observação
Obrigado
Edson Luis Fronza - Toisso
Toisso por você!!!

Alexander McAllister em 09/05/2010 às 00h56
Muito grato pela informação atualizada sobre a erva-mate, e parabéns por todo trabalho desenvolvido. Como apreciador do chimarrão há muitos anos, é importante ter esse conhecimento acessível para compartilhar com as pessoas.

valdecirarruda em 27/06/2010 às 15h06
gostaria de saber mais sobre erva mate canbona 4

dione em 24/08/2010 às 14h38
muito legal esse trabalho de vcs parabêns

suellen santana em 19/11/2010 às 16h03
ah q chato ,assim achei legal otexto mais ñ achei o q eu queria. Queria o ciclo da erva mate em, ms fazero q né é um saco mais td bem tia e parabés para o autor do texto se ele nâo tiro otexto de um livro rsrsrsrs :}

Fábio Toledo em 28/12/2010 às 07h45
Sou um grande apreciador de Chimarrão...; meu interesse na erva mate aumentou muito depois de conhece-la amplamente, uma vez que se trata de uma planta nativa e ter um papel fundamental na preservação da natureza...
Eu estou buscando a erva mate "orgânica" , se puderem me ajudar como conseguir, serei grato...

melquiades i camara nunes em 06/03/2011 às 17h15
creio que deva existir algum engano quanto a rentabilidade econômica da atividade, pois 13 ha equivale a mais de 5 alqueires, portanto se a produção é de 400 arrobas na propriedade e sendo comercializada a R$ 5,00 a arroba, chega-se a uma renda de R$ 2.000,00 em toda a propriedade. Desculpe, mas talvez eu não tenha entendido.

Hans Thomas Gotz em 08/05/2011 às 06h18
Bom artigo. Gostaria de saber onde conseguir mudas de erva-mate para plantar em Urubici/SC. Quero plantar em área de floresta de araucária, utilizada até agora com gado (já foi tirado a 6 meses). Qual a densidade possível no plantio? Grato, abraços Thomas

Catia em 29/06/2011 às 10h57
Por favor, gostaria de indicação sobre onde encontrar equipamentos para beneficiamento da erva mate, como sapecador. Obrigada

djod em 20/08/2011 às 19h55
o cara q trouxe a erva-mate para o brasil devia ganhar o oscar de homem + inteligente do mundo...
pois o chimarrao é saudavel e tem vitaminas
bom esse é meu comentario
me sigam no twiter:@djod_djonatan
obrigado

fernando sanner em 25/08/2011 às 18h08
bom

Otavio Wzorek em 15/09/2011 às 11h21
Gostaria que me informacem aonde posso comprar mudas de erva mate carbona ou outras!

marcelino foss joenck em 16/09/2011 às 11h29
Li a matéria, esta ótima. Adoro chimarrão. Mas gostaria de saber onde posso comprar muda de erva-mate. Moro em Joinville/Sc.
Um abraço
Marcelino..........

katia marques em 07/12/2011 às 14h03
´vivo em sp a 30anos tenho muita ,saudade da minha terra e do meu chimarraõ ,me criei trabalhando em ervateira ,
trabalhei nos folle em xaxim e na ervateira almeida em palmas pr.
saudade muita saudades

Josiane da Costa em 21/02/2012 às 14h15
Olá! Meu nome é Josiane, eu e minha equipe de pesquisa, estamos fazendo uma pesquisa sobre o melhoramento da produtividade da erva mate.
Temos por objetivo melhorar através de associação com microorganismos a germinação da semente e o crescimento da plântula.
Adorei as informações, abraços!

almir rosa em 25/02/2012 às 10h13
Marian, parabens pela materia, querida estou aqui em Aracaju/Se
como faço pra conseguir pra mim uma muda de erva-mate.
desde já agradeço
almir

Maria do Desterro Sobral em 25/02/2012 às 13h55
Assisiti o Globo reporter desta sexta-feira e fiquei muito entusiasmada com os bens que a ERVA MATE trás, sou diabética, minhas taxas todas altas, sofro de depressão e não tem remédio de farmácia que controle estas taxas e estou com fé que usando estes chás possa controlar, gostaria de saber como adquiri-la, agradeço de todo coração.
Desterro.

maria de fatima carreiro da silva em 25/02/2012 às 14h17
tambem assiti gsotei muito da materia.sofro de pressão alta gostaria de saber se o chá e bom.quero emagrecer tambem como adquiri-la.obrigada maria de fatima.de MOSSORO RIO GRANDE DO NORTE.

Fernando Cardoso em 27/02/2012 às 08h26
Gostaria de saber onde posso comprar muda ou semente de erva-mate. Moro em Divisopolis - MG.

FRANCISCO em 28/02/2012 às 16h12
COMO ADQUIRIR ERVA MATE

Lucie Lannoy em 08/03/2012 às 16h18
Achei o artigo muito esclarecedor e de grande valor informativo. Porém estou procurando saber como é o processamento desde a retirada da folha da árvore até que chega na embalagem quando compro a erva para tomar. Ouvi falar de algum processo relacionado com fumaça, é a tostagem? Seria a erva defumada? Agradeceria receber mais este esclarecimento. Obrigada.

Josue Ribeiro da Silva em 16/03/2012 às 21h16
Achei bem abrangentes as informaçoes postadas acerca dos beneficios da erva mate e gostaria que alguem me informasse onde e como adquirir sementes de erva mate para iniciar um plantio.

francisco rocha da costa em 19/04/2012 às 09h46
gosto muito da erva folle mas não encontro na minha cidade que e tubarão anta catarina tenho que ir ate a cidade de florianopoli para poder comprar que fica a mai ou nemos130kmlonge de tubarão por isso gostaria de saber quais cidades onde comprar ve se tem outra mai perto da minha cidade.

bruna em 24/04/2012 às 21h25
legal gostei muito, adoro erva mate tomas chimarrão com meus pais

vilson em 15/06/2012 às 13h25
acho que tenho uma arvore de ervamate em minha chacara

ivan amauri sccott flores em 30/09/2012 às 22h24
Li com atenção todos os benefícios que a erva mate traz ao ser humano, e confesso que alguns dados eu não sabia. Parabéns pela pesquisa e a informação que passas a todos que leem com atenção tudo que escreveste.
Sou colecionador de erva mate em pacotes de 1kg, comprando-as em todo o lugar que vou( cidades, estadosou até países, como uruguai, argentina e paraguai.
Veja meu site: www.ivansccott.com.br
Possuo hoje 260 marcas diferentes. Acesse meu site em coleção de ervas mate e discorre desde a primeira até a última.
Acho que é muito interessante, além de outras coisas que faço sobre ferreomodelismo.
Muito obrigado.
Ivan Sccott

nubia ribeiro dos santos de jesus em 15/02/2013 às 17h34
Oi pessoal!
Fique bastante feliz em ter encontrado nesse artigo, algo de importante e que pudesse mim auxiliar mais ainda nos problemas de saúde que venho desenvolvendo só não vi falando sobre o colesterol! Agora acredito q com essa leitura possa sanar mais os meus problemas.

Muito grata pelas orientações,
Núbia de jesus.

Diogo em 16/03/2013 às 15h38
Boa tarde!
Gostaria de cultivar/plantar erva mate, como faço para adquirir mudas ou sementes da mesma?
Um abraço
Diogo

Paulo L M Zoccoli em 22/04/2013 às 22h09
Gostaria de cultivar no meu sítio a erva-mate. Vocês fornecem mudas certificadas ? Qual o custo para uma remessa inicial de 20 ou 30 mudas?
obrigado
Paulo

hilary em 01/05/2013 às 13h06
agora achei,bom obg pagina de erva mate

neusa regina em 18/05/2013 às 19h58
Amoooo chimarão, e tenho interesse em adquirir mudas, para plantação. sou do campo e tudo que vem da natureza me atrai.
obrigado

Mariza Cobalchini em 17/06/2013 às 17h16
tenho mudas de erva mate para vender! para mais informacoes, me liguem 49 91175405! parabéns pela materia, alem de saudavel a erva mate, e rentável!

Maria Jaci Buzanelo em 14/08/2013 às 16h47
Olá!

Comprei um sitiozinho de 10.000 metros quadrados medindo 50m por 200 metros e quero plantar mudas de erva mate em toda extensão da divisa lados e fundos, gostaria de saber onde encontro as mudas e qual a distância da divisa entre elas que devo deixar, a terra fica em Pinheiro Machado 6 KM de Brochier, rs. e qual a época da plantação.
Fico no aguardo do retorno se possível.
Obrigada,
Maria.

aliedo acioly alves de arruda em 14/08/2013 às 18h22
tenho uma propriedade em santa maria rs de 7,4 hectares e gostaria de saber como posso adquirir mudas de erva mate, valor e informações de época de plantar e tipo de adubação se for necessário visto tratar-se de ´arvore nativa.ok fico muito grato se me enviarem um resposta para o meu email...

vilson luiz rosset em 06/10/2013 às 16h32
se posivel nos enviar variedades de erva mate bem como valores por quilo.

Carlos Pereira em 20/11/2013 às 17h37
Cultivar erva mate junto à bosque araucárias ou outras florestas de pouca espessura, é um bom negócio. Eu possuo 20 hectares, de floresta,
do tipo que mencionei, e procuro parceiros pra começar um cultivo de erva mate. ( fone: 54 99119900) Carlos

ILDEMAR em 13/01/2014 às 14h52
Tenho mudas de erva mate para vender...........

Marcelo Checon em 17/01/2014 às 18h25
Gostaria de plantar erva mate no meu sítio na região noroeste do estado de São Paulo, será que ela se adaptará bem ou clima da região ?

valter gaba em 01/02/2014 às 14h06
trabalho com erva mate desde 14anos tenho orgulho de quem trabalha com a erva mate

luiz castro em 12/04/2014 às 05h04
Tenhp uma area de 4 has...duas com mata. Pretendo plantar erva mate...tanto no mato...quanto em espaco aberto. Solicito informações. ..plantio...mudas..espaçamento.

oscar massitta em 15/06/2014 às 10h46
Companheiros necessito informação sobre obtenção de mudas de erva mate e dicas para iniciar uma plantação.
Em Canguçu RS.

ivo augsustin em 30/06/2014 às 21h58
preciso comprar 2000 mudas de erva mate ,peço passar cotaçao.

joady sousa em 12/08/2014 às 15h17
estou na região de Londrina PR, a terra muito fértil, gostaria de saber se essa região seria boa para o plantio de erva mate.
e qual o tempo de plantio até a colheita.

Comente esta página

Nome:
E-mail:
Comentário:



* Comentários anônimos ou ofensivos não serão aceitos.
* Fique tranqüilo: Seu endereço de e-mail não aparecerá na página, nem será divulgado ou cedido a terceiros, e só é utilizado para nosso controle interno dos comentários.

Temas


Ferramentas

Imprimir
Enviar por e-mail
 

Boletim informativo

Cadastre-se para receber as novidades da Apremavi em seu e-mail.

Nome:

Endereço de e-mail:

Compartilhe

© Copyright 2002-2014, Apremavi - Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida.