Agora na Apremavi: agradável, 26°
Busca
Tamanho do texto A A A

Canjerana. A árvore da madeira vermelha

Autor: Geraldine Marques Maiochi. Publicado em 07/08/2009.

Frutos abertos da Canjerana. Foto: Miriam Prochnow

A canjerana, também conhecida como canjarana, ocorre desde Minas Gerais e Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul. Apresenta ampla dispersão em Santa Catarina, sendo bastante comum em todas as formações florestais do estado.  

Ocorre naturalmente em vários tipos de solos, de férteis aos de baixa fertilidade, principalmente os situados no alto dos morros, porém prefere solos úmidos e profundos, em terrenos planos ou suavemente ondulados, onde a drenagem é lenta.

Sua árvore é de grande porte, podendo atingir até 18 m de altura e 100 cm de diâmetro. Sua casca é de cor cinzenta escura, resinosa, com até 2 cm de espessura; levemente fendilhada e um pouco fibrosa.

A madeira da canjarana, que tem uma cor bem avermelhada, sempre foi considerada muito valiosa para a construção civil, por sua resistência ao ataque de pragas. Além disso, também é muito empregada na marcenaria, especialmente para a estrutura de móveis. Pode também ser utilizada para fins ornamentais, melíferos e medicinais. O suco dos frutos pode ser empregado como inseticida.

Seus frutos, de grande valor ecológico pelo alto teor nutricional, são muito apreciados por aves e pequenos mamíferos, fazem com que seja uma espécie facilmente disseminada. Este também é um dos motivos para que a canjerana seja utilizada em reflorestamentos e plantios de restauração ambiental.

A espécie é indicada para recuperação de matas ciliares por suportar bem áreas sujeitas à inundação temporária. 

Canjerana

Nome científico: Cabralea canjerana (Vell.) Mart.
Família: Meliaceae
Utilização: madeira utilizada em rodapés, construção civil, molduras e artesanato. Possuem frutos atrativos a avifauna.
Coleta de sementes: diretamente da árvore quando começar a abertura espontânea dos frutos.
Época de coleta de sementes: agosto a dezembro.
Fruto: carnoso deiscente.
Flor: branca.
Crescimento da muda: médio.
Germinação: normal.
Plantio: mata ciliar, área aberta, sub-bosque, solo degradado.

Fotos: Edinho Pedro Schäffer e Miriam Prochow

Fontes de pesquisa

DICK, Edilaine. Avaliação do crescimento das espécies arbóreas nativas em plantio de restauração localizada nas margens do reservatório Irai – Pinhais – PR. Videira, 2005

http://incansaveis.blogspot.com/2009/03/serie-arvores-da-mata-atlantica-40.html

http://www.guiadomarceneiro.com/madeira/?gdm=canjerana

Comentários

fernando em 07/08/2009 às 15h54
Sou Engenheiro Florestal, essa arvore nao e comum na minha regiao, adorei a materia , materia como esse sempre sao bem vida. Obrigado

Hilario De Biasi em 10/08/2009 às 08h37
Parabéns, bela reportagem, mas a madeira da canjerana pode ser empregada também para proteger fontes de água para consumo humano/animal, em forma de tabua esta madeira como proteção de fonte, e submersa na água não tem fim.

Nelma Eckert em 10/08/2009 às 18h34
Esta árvore pode ser utilizada também para corte, como eucalipto ou acácia mangiun? Gostaria de mais informações.

heloisa helena macedo em 11/08/2009 às 11h18
Olá
Obrigada mais uma vez pelas informações preciosas, tenho uma propriedade rural na serra da quebra cangalha à 1400 metros de altitude e tenho dificuldades em conseguir mudas de canjerana, bracatinga, uvaia e taruma, sera que voces tem indicação de alguém aqui perto que tenha?, ou em SP capital,ou mesmo as sementes? Quando tive notícias era pelo menos um Kg...
Aguardo

Leda em 12/08/2009 às 21h53
Bacana a matéria. Estou indo embora do Rio, ñ suporto mais viver cercada de cimento e de gente neurótica. Adoraria morar em SC, mas o frio é desanimador. Mas é uma terra linda e a flora belíssima. As paisagens tb. Tb ñ sei se conseguiria sobreviver, em se tratando de trabalho, sobrevivência, na zona rural, pois sou urbana e, apesar de sonhar em morar junto à natureza nada sei fazer como vcs aí. Ñ sei pq nasci aqui, sou urbana pq moro aqui, mas meu coração está na terra. Um abraço a todos.

Iralcio Amorim em 29/01/2010 às 17h03
Fiquei entusiasmado com a matéria, moro num pequeno sítio com bastante mata nativa e com uma diversidade grande de pássaros, há muito tempo observo a preferência de alimentação que todos os tipos de pássaros tem pelo fruto da canjarana acredito que o grande apelo deva ser pela preservação de tão imponente árvore com grande fonte de alimentação a animais silvestres.

jandersom souza em 20/05/2010 às 20h33
estou fazendo um trabalho sobre esta materia e muito legal obg!!!!

jandersom souza em 20/05/2010 às 20h40
tenho umas fotos de florestas nativas da canjerana.

Ialê em 23/06/2010 às 13h40
Estou fazendo pequenas esculturas e gostei muito de trabalhar com esta madeira (ganhei um pedacinho de uma demolição). Precisaria de mais madeira e descobri uma árvore caída naturalmente, no terreno de amigos de um conhecido. Porém comentaram que eu teria que levar um fiscal do Ibama para verificar que a árvore morreu naturalmente. Há alguma maneira menos burocrática (DENTRO DA LEI) de remover esta árvore caída? A loja aonde vou expor minhas esculturas precisa ter algum tipo de licença? Se puderem indicar o procedimento legal que devo realizar, agradeço muito!

Lurdes Zanchetta da Rosa em 22/04/2011 às 14h01
Olá, minha dissertação e mestrado é sobre a varialibidades genética da canjerana em fragmentos do Noroeste do RS . Uma das dificuldades encontradas é sobre o sistema reprodutivo dessa espécie, tipo de flor ( monóclina ou díclina) , dispersores, tipo de reprodução, autofecundação ou fecundação cruzada, etc...tens alguma informação ? Agradeço muito a atenção.

Werner Schuster em 04/05/2011 às 22h10
Pretendo reflorestar áreas em Taio-SC e presumo que a cangerana poderia ser interessante. Favor informar a respeito e onde posso conseguir mudas ou sementes.

Antonio Ferreira em 09/06/2011 às 08h30
Gostei muito do assunto descrito. Morei no estado do paraná amuitos anos atraz e em nosso sitio havia muitas especies nativas das quais tenho muita vontade de ver crescer aqui em Minas Gerais. Gostaria de ser informado onde consigo sementes de arvores como esta Canjarana e outras especies comoPeroba Rosa, Canafistula, Café de Bugre, Pau Marfim, Gabiroba, Cedro Rosa , etc...

Vitoria santana em 20/06/2011 às 12h45
Quero sementes desta arvorea de canjirana para reflorestamento

marlene gorlin em 04/03/2012 às 20h58
gostei era uma avore que eu nao conhecia agora eu conheço atraves da net

marlene gorlin em 04/03/2012 às 21h02
gostei era uma avore que eu nao conhecia agora eu conheço atraves da net encontrei uma dessA ARVORE

EMIVALDO GONÇALVES em 23/03/2012 às 13h59
Gostei muito das informaçôes sobra a Cangerana, e gostaria de obter informação de onde poderia comprar Mudas ou semente da Cangerana.

EMIVALDO GONÇALVES

INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS URUTAI
ROD. GERALDO SILVA KM 2,5 ZONA RURAL
URUTAI - GOIAS

RÔMULO JOSÉ HUCS TERRA em 05/03/2013 às 11h26
BOM DIA
GOSTARIA DE ADQUIRIR MUDAS DA CANJERANA,PODERIA ME PASSAR ESSA INFORMAÇÃO?
AGUARDO
ABS

natanael luz caires em 01/04/2013 às 11h25
eu tem uma reserva de mata e tem varios peis da canjerana,municipio de barra da estiva bahia,

Comente esta página

Nome:
E-mail:
Comentário:



* Comentários anônimos ou ofensivos não serão aceitos.
* Fique tranqüilo: Seu endereço de e-mail não aparecerá na página, nem será divulgado ou cedido a terceiros, e só é utilizado para nosso controle interno dos comentários.

Temas


Ferramentas

Imprimir
Enviar por e-mail
 

Boletim informativo

Cadastre-se para receber as novidades da Apremavi em seu e-mail.

Nome:

Endereço de e-mail:

Compartilhe

© Copyright 2002-2014, Apremavi - Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida.