Políticas Públicas

A Apremavi acredita que o desenvolvimento de Políticas Públicas de Meio Ambiente assegura o direito de todos os cidadãos e garante o desenvolvimento sustentável do planeta.

As ações da área temática de Políticas Públicas tem como objetivo propor e influenciar a aprovação de legislação específica e políticas públicas ambientais que promovam e garantam o desenvolvimento sustentável.

Ao mesmo tempo em que desenvolve projetos em parceria com órgãos governamentais, a APREMAVI atua para aprimorar as políticas públicas dirigidas aos recursos naturais em geral e à Mata Atlântica em particular. Desde sua origem, a Associação identifica problemas, faz denúncias, confecciona laudos sobre delitos ambientais, propõe soluções e opera junto ao Poder Público visando a implementação de políticas que propiciem a conservação e a recuperação dos ecossistemas atlânticos, bem como o aperfeiçoamento da ação dos órgãos governamentais, federais e estaduais, na gestão do meio ambiente em Santa Catarina.

No âmbito do Legislativo, a APREMAVI realiza o acompanhamento dos debates referentes à legislação ambiental, contribuindo para a aprovação de projetos afinados com sua missão institucional, como a Lei da Mata Atlântica. Acompanhou de perto as discussões sobre as mudanças no Código Florestal e agora monitora e estimula a implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Embora suas atividades estejam prioritariamente voltadas para a proteção e recuperação da Mata Atlântica no estado de Santa Catarina, a APREMAVI participa das seguintes redes e articulaçõe:

Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA)

Diálogo Florestal Nacional e Internacional (DF e TFD)

Observatório do Clima (OC)

Pacto para a Restauração da Mata Atlântica

Observatório do Código Florestal (OCF)

Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura

Federação de Entidades Ecologistas Catarinenses (FEEC)

Associação RPPN Catarinense

Rede Brasileira de Educação Ambiental (Rebea)

Conselho de Manejo Florestal (FSC) 

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA)

Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais (FBoms)

Rede Semente Sul

O reconhecimento público obtido por seu trabalho permitiu que integrasse colegiados mistos nacionais, como o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e o Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA); regionais, como o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí, e municipais, como os conselhos de Turismo, do Meio Ambiente e do Plano Diretor de Atalanta e de Rio do Sul. Também participa de Conselhos Consultivos de Unidades de Conservação.

Protesto Verde

Nesta seção a Apremavi ajuda você a encaminhar sua denúncia aos órgãos competentes. Sua identidade será mantida em sigilo.
Para orientar a elaboração de sua denúncia siga os passos descritos abaixo e em seguida preencha o formulário abaixo ou entre em contato com nossa equipe:

Roteiro para encaminhamento de denúncias

Antes de enviar sua denúncia: 

  1. Verifique se a denúncia é verdadeira.
  2. Se possível, registre o fato com fotos.
  3. Identifique o local onde ocorreu a infração, informando o endereço.
  4. Se possível, faça um laudo assinado por um técnico.
  5. Sempre embase sua denúncia na legislação ambiental.

5 + 4 =

Quer fazer uma denuncia e não sabe por onde começar?
Entre em contato com a Apremavi.

Pin It on Pinterest

Share This