Apremavi participou da Assembleia Geral do FSC 2017

out 16, 2017 | Notícias

A Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi) participou da 8ª edição da Assembleia Geral do FSC Internacional (Conselho de Certificação Florestal). O encontro aconteceu de 08 a 13 de outubro, em Vancouver, no Canadá. A assembleia é realizada a cada três anos.

Quase 800 participantes de 80 países, representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs), empresas, certificadoras, movimentos sociais e sindicatos participaram do encontro. A delegação brasileira, composta por 46 membros e 6 observadores, foi a segunda maior delegação registrada.

A Apremavi é membro do FSC Internacional e também do FSC Brasil, integrando também o Conselho Diretor do FSC Brasil. Segundo Miriam Prochnow, representante a Apremavi no evento, a reunião foi importante para discutir as soluções e os desafios da gestão responsável das florestas e o futuro do próprio FSC, um dos sistemas de certificação mais reconhecidos do mundo.

Evento paralelo da Assembleia do FSC 2017. Foto: Miriam Prochnow.

Eventos paralelos

Durante o encontro, mais de 40 eventos paralelos foram realizados e 35 moções foram apresentadas e votadas pelos membros das câmaras social, ambiental e econômica.

Das 35 moções apresentadas, 15 foram aprovadas. Essas moções determinam o que irá incidir sobre o FSC nos próximos três anos. Confira a lista abaixo.

  • Moção GA2017 / 06: A condução da organização deve ser orientada pelos princípios da boa governança.
  • Moção GA2017 / 07: Endereçando a conversão passada através da restauração e da conservação como requisito para certificação de plantações que converteram áreas de florestas naturais após 1994.
  • Moção GA2017 / 16: Aproveitando os dados de auditoria para melhorar a integridade da garantia, M&E e a proposta de valor para o FSC.
  • Moção GA2017 / 21: Moção do clima.
  • Moção GA2017 / 34: Avaliações regionais dos impactos da implementação da moção 65/2014.
  • Moção GA2017 / 40: Novo IGI para melhorar a compreensão do FPIC a ser alcançado ao longo do tempo através de um processo mutuamente acordado.
  • Moção GA2017 / 46: Programa FSC “New Approaches” como prioridade para o avanço da certificação de pequenos produtores e comunitários.
  • Moção GA2017 / 48: Produtos florestais não madeireiros (PFNM) no plano de implementação 2017-2020.
  • Moção GA2017 / 56: Garantir que o Sistema de Madeira Controlada seja funcional e credível até que uma estratégia esteja em vigor.
  • Moção GA2017 / 61: Integridade e credibilidade da avaliação da certificação.
  • Moção GA2017 / 62: Moção estatutária para rever e revisar critérios de associação para alocação de câmara e desenvolvimento de um protocolo.
  • Moção GA2017 / 63: Garantir que as decisões estratégicas da rede FSC sejam direcionadas e avaliadas pelo Conselho Diretor do FSC IC.
  • Moção GA2017 / 67: Estabelecer um Sistema de Auditoria Interna.
  • Moção GA2017 / 69: Revisão da Governação Fase II.
  • Moção GA2017 / 71: FSC apoia paisagens culturais indígenas.

Moção aprovada. Foto: Miriam Prochnow.

Para saber mais detalhes das moções propostas, aprovadas e reprovadas e ficar por dentro de tudo o que rolou na AG, clique aqui.

Autora: Miriam Prochnow

Pin It on Pinterest

Share This